Translate

segunda-feira, 30 de maio de 2016

SERÁ QUE VOCÊ SABE O QUE É FEMINISMO? DESCUBRA

Por Clara Averbuck - Carta Capital – 29-5-16

É assustadora a quantidade de gente que não sabe o que é feminismo. Ninguém tem a obrigação de saber, é claro, mas a partir do momento em que você decide opinar sobre um assunto, é de bom tom saber do que se trata.

As pessoas são "contra" o feminismo sem sequer saber o que significa.

É comum escutar:
"Não sou feminista, sou feminina",
"Não sou feminista e nem machista",
"Não sou feminista e nem machista, sou humanista",
"Não sou feminista, acho que todos deveriam ser tratados igualmente e ter os mesmos direitos".

Bom, vamos lá.

Feminismo não prega ódio, feminismo não prega a dominação das mulheres sobre os homens. Feminismo clama por igualdade, pelo fim da dominação de um gênero sobre outro. Feminismo não é o contrário de machismo. Machismo é um sistema de dominação. Feminismo é uma luta por direitos iguais.

Então se você diz "não sou feminista, acho que todos deveriam ser tratados igualmente e ter os mesmos direitos" você está dizendo, exatamente: "não sou feminista, mas sou humanista". E se você se diz humanista, bom, acredito que saiba então que o humanismo é uma filosofia moral baseada na razão humana e na ética, que coloca o ser humano acima do sobrenatural, de deuses, de dogmas religiosos, da pseudociência e das superstições e que não tem nada a ver com o assunto.

Existe essa grande falha lógica que é o sujeito achar que você tem que ser contra uma coisa pra ser a favor de outra; neste caso, "contra" os homens para ser "a favor" das mulheres. O feminismo não luta contra os homens, e sim contra o supracitado sistema de dominação, que, veja só, privilegia os homens e foi criado por... homens. Fica clara a diferença entre lutar contra um sistema e lutar contra todo um gênero?

Feminismo não tem nada a ver com deixar de usar batom, salto ou cercear sua liberdade sexual. Ninguém vai confiscar sua carteirinha de feminista se você usar rímel. Mas te abre para a possibilidade de só usar maquiagem quando quiser, não porque tem que obrigatoriamente estar impecável e linda todos os dias a enfeitar o mundo.

Feminismo não tem nada a ver com ser inimiga dos homens. É claro que existem feministas que não os toleram, mas até aí, existem mulheres que não são feministas e também odeiam homens, né? E você não é obrigada a ser uma delas. Feminismo não tem nada a ver com esconder o corpo; muito pelo contrário, exigimos o direito de andar com a roupa que bem entendermos sem assédio ou constrangimentos. Taí a Marcha das Vadias que não me deixa mentir. Feminismo não tem nada a ver com não ter filhos, e sim com a escolha de como e quando esses filhos virão, e se virão. Feminismo não tem nada a ver com não ser feminina. E nem com ser. 

Feminismo tem a ver com liberdade, com eu, você, elas e eles podermos todos viver e ser sem ninguém dando pitaco em como devemos nos portar, como devemos nos vestir, o que devemos dizer, do que devemos fazer com nossos corpos.

Outra coisa importante: nem todas as feministas estão de acordo a respeito de todos os tópicos. Cada um constrói seu feminismo. Como disse a Tavi Gevinson, a jovem editora da RookieMag, em uma palestra do TEDxTeen, o feminismo não é um livro de regras, mas uma discussão, uma conversa, um processo. E cada um tem o seu.Feminismo, caros, não é uma seita que reprime e excomunga quem quebra seus preceitos.

Vale sempre lembrar que o mundo machista também faz mal aos homens com esse negócio de que eles têm que ser os provedores, que eles têm que ser durões, que não podem chorar, que não podem demonstrar nenhuma característica atribuída ao feminino porque isso é considerado uma fraqueza já que as mulheres são consideradas mais fracas, logo, inferiores. Gay é "xingamento" porque ser gay é ser um homem mulherzinha. Chega de reproduzir conceitos sem sequer parar para pensar neles.

Há um teste simples, criado por Cynthia Semíramis, pra saber se você é uma pessoa que se identifica com o feminismo:

1. Você concorda que uma mulher deve receber o mesmo valor que um homem para realizar o mesmo trabalho?

2. Você concorda que mulheres devem ter direito a votarem e serem votadas?

3. Você concorda que mulheres devem ser as únicas responsáveis pela escolha da profissão, e que essa decisão não pode ser imposta pelo Estado, pela escola nem pela família?

4. Você concorda que mulheres devem receber a mesma educação escolar que os homens?

5. Você concorda que cuidar das crianças seja uma obrigação de ambos os pais?

6. você concorda que mulheres devem ter autonomia para gerir seu dinheiro e seus bens?

7. Você concorda que mulheres devem escolher se, e quando, se tornarão mães?

8. Você concorda que uma mulher não pode sofrer violência física ou psicológica por se recusar a fazer sexo ou a obedecer ao pai ou marido?

9. Você concorda que atividades domésticas são de responsabilidade dos moradores da casa, sejam eles homens ou mulheres?

10. você concorda que mulheres não podem ser espancadas ou mortas por não

quererem continuar em um relacionamento afetivo?

Respondeu sim pra tudo? Está confortável na cadeira? Você é pró feminismo, ou até... Feminista! Uau! Você não precisa ser ativista para ser feminista. Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. Se você acredita na igualdade de direitos entre homens e mulheres, você é feminista. As pessoas confundem feminismo com um monte de coisas. As pessoas têm medo da palavra FEMINISMO. Feminismo. Feminista. Feminismo. Feminista. FEMINISMO.

Feminismo é sobre liberdade. E é difícil ser realmente livre neste mundo

domingo, 29 de maio de 2016

sábado, 28 de maio de 2016

Altamiro Borges: "Ela vai sair de qualquer maneira"

Altamiro Borges: "Ela vai sair de qualquer maneira": Por Jeferson Miola Que o impeachment sempre foi apenas um pretexto formal para o golpe, isso é sabido desde o imediato pós-eleição de 2...

Secundaristas de Novo Hamburgo (RS) e a defesa da escola pública

Secundaristas de Novo Hamburgo (RS) e a defesa da escola pública: Por Mídia NINJA com colaboração do estudante Nathan Follmann, um dos líderes do movimento de ocupação na cidade. Foto: Leonardo Savaris / Mídia NINJA Os estudantes que estão participando da ocupação do Colégio Estadual Senador Alberto Pasqualini na cidade de Novo H...

Altamiro Borges: O homem-bomba do Brasil

Altamiro Borges: O homem-bomba do Brasil: Por Emir Sader, no site da Adital : Temer disse que, como não será candidato à reeleição (nem poderia, por ser ficha suja), pode tomar ...

Altamiro Borges: O homem-bomba do Brasil

Altamiro Borges: O homem-bomba do Brasil: Por Emir Sader, no site da Adital : Temer disse que, como não será candidato à reeleição (nem poderia, por ser ficha suja), pode tomar ...

terça-feira, 24 de maio de 2016

domingo, 15 de maio de 2016

Muita careta pra engolir a transação

Narciso Alvarenga Monteiro de Castro

A nação assiste, dia após dia, a uma encenação que já não emociona a plateia. Atores, os mais diversos, se revezam na coxia seguindo um roteiro bem ensaiado, mas que, contudo, não parece convencer aos mais exigentes.
Ninguém sabe ao certo quem é o diretor, ou melhor, desconfia-se que possam ser vários, como naquelas novelas folhetinescas em que cada um se encarrega de um núcleo.
Poderia estar me referindo à última apresentação teatral, mas só que não. Com algum pesar, falo da realidade política e institucional de nosso país nos últimos meses.
Ninguém sabe o que vai acontecer no dia seguinte. Mas todos sabem que, no final, os “bandidos” do PT vão ser presos para sempre e “aquela mulher” vai ser enxotada no próximo dia 11 de maio, uma quarta-feira de futebol.
Lembro-me até do meu caro amigo Chico, “aqui na terra tão jogando futebol, tem muito samba, muito choro e rock’n roll. Uns dias chove, noutros dias bate sol. Mas o quero te dizer é que a coisa aqui está preta. (…) Muita mutreta pra levar a situação. (..) Muita careta pra engolir a transação”.
O problema é que os “mocinhos” não parecem ser tão bonzinhos assim. P
arte da turma que vai enxotar a “intrusa” do Planalto tem uma “capivara” de vários metros, a dar inveja ao Marcola, daquela entidade que “controla o crime de dentro e de fora dos presídios”, como diz a tevê.
Outro problema é que o roteiro está em inglês e já veio pronto para ser cumprido, com uma precisão anglo-saxônica.
A Constituição, ora a constituição! A única que parece valer é aquela que foi escrita no século XVIII pelos “pais fundadores”. Essa daqui é mais remendada e repudiada que calça de caipira de festa junina.
Nada disso causa mais espanto. O que traz uma dose de tristeza maior é saber que o país mais uma vez entregará a sua soberania ao estrangeiro. O Brasil, na época da 2a Guerra, foi o único país do mundo, até hoje, que entregou todo o comando integral de sua defesa nas mãos de outro país estrangeiro, no caso os Estados Unidos da América. Isso é que é confiança!
Na época do Collor, o país lacrou o local secreto para possível teste atômico. Sob Fernando Henrique, o sábio, assinamos o Tratamento de Não Proliferação Nuclear, que o país resistia há vários anos em assinar, sem receber nada em troca. Isso é que é estadista.
Agora, a causa de nossa desgraça (tal como aconteceu com vários outros países com grandes reservas de petróleo), foi a descoberta e começo de exploração do pré-sal.
Nosso amigo do norte, alguns meses depois do anúncio da descoberta, ressuscitou a IV Frota no Atlântico Sul, desativada após cumprir com a sua missão de obrigar o país a entrar na última grande guerra.
Fiquemos felizes que não vão nos bombardear como fizeram com os sérvios, líbios, somalianos, afegãos, iraquianos, sírios e outros povos desafortunados. Porque será que ainda não bombardearam a Coréia do Norte, outro país pária?
Fico aqui a conversar com meus botões, não tão sábios como de outros, ruminando se já não existem nacionalistas em nossas Forças Armadas, a permitir tantos descalabros. Ou será que imaginam que terão o subnuc das mãos dos que estão prestes a assumir o poder?
Será que receberam alguma promessa, que sabemos de difícil cumprimento na quadra econômica atual? A prisão do pai do reator nuclear brasileiro diz muita coisa. Porque tanta dureza, se nenhum dos grandes ladrões da Petrobras ficaram mais de um ano presos, beneficiados por delações e mais delações?
A tecnologia prestes a ser incorporada, em aviões modernos, submarinos de grande projeção de poder naval, poderia ter causado ciúme na arma preponderante, no caso o Exército? Só isso explicaria a quase “carta branca”, que foram as declarações do Comandante da força, de que não interferiria nos acontecimentos em curso.
No momento em que foram proferidas pareciam que havia um compromisso com a democracia. No momento atual, ficaram parecendo outra coisa, agora que os panos caíram e cada um recita o seu papel conforme o script.

Na próxima semana, uma nuvem negra promete fazer sombra a todo um país. Cenas de apocalipse estão previstas. Todo mundo quer ir para o céu, mas ninguém quer morrer, disse o poeta. Cai o pano, rápido!

recebido por e-mail / Paulo Roberto
Postado em 13 May 2016
por :  no Diário do Centro do Mundo
temer e malafaia

Hermes Carvalho Fernandes é escritor, conferencista, teólogo com doutorado em Ciências da Religião, presidente da REINA (Rede Internacional de Amigos) e bispo sagrado na tradição episcopal. Ele ficou conhecido ao dar uma aula de história sobre a África ao pastor picareta Marco Feliciano num vídeo que viralizou. 
Quero parabenizar ao excelentíssimo Sr. Presidente em exercício Michel Temer pela proeza de chegar ao poder tendo aglutinado ao seu redor tanta gente de bem. Parabéns pelo ministério exemplar. Acertou em cheio na escolha, demonstrando que, de fato, seu programa de governo é uma ponte para o futuro (e quê futuro!). Parabéns pelos sete ministros investigados pela Lava-Jato e que passam a ter foro privilegiado (esteja preparado para enfrentar as ruas amanhã! O MBL já está mobilizando a coxinhada para lotar a Paulista! Se não aceitaram Lula, por que aceitariam esses sete?). 

Parabéns por uma equipe formada exclusivamente de homens brancos, sem qualquer representação feminina ou de minorias étnicas. E que ministro de justiça é aquele, hein? O ex-advogado do PCC, é isso mesmo? Que orgulho de ser brasileiro!Também quero parabenizar à Rede Globo de Televisão, bem como as demais redes de TV que rezam em sua cartilha (até a Record se dobrou! Vivi pra ver isso). Vocês conseguiram mais uma vez! Merecem pedir música no Fantástico. Mais uma vez terão um fantoche bem ao estilo de Herodes no Palácio do Planalto. Preparem-se para uma enxurrada de verbas federais…
Parabenizo também aos pastores Silas Malafaia (agora sai a tão sonhada concessão de TV!), Marco Feliciano (e aí, vai acabar com a Parada Gay quando for prefeito de SP?), e ao discretíssimo Edir Macedo que troca de lado sem o menor constrangimento. O importante é estar próximo do poder. Conseguiu até mais um ministério. E desta vez não será o da pesca (vamos combinar? aquilo era vergonhoso!), mas o de ciência e tecnologia. A comunidade científica mundial está soltando fogos! Quem diria, em pleno século XXI, um criacionista à frente da ciência (se é que ele sabe o que é criacionismo… esses bispos da IURD costumam ser analfabetos em matéria de teologia). Que upgrade, hein?
Parabenizo a todos os pastores que usaram seus púlpitos para demonizar o Lula e o PT e divinizar o Bolsonaro. A propósito, parabéns pelo batismo, Mito! Você agora é um dos nossos! São só quarenta milhões de evangélicos capazes de garantir a eleição de qualquer presidente. Tomara que o Pr. Everaldo tenha lhe feito mergulhar ao menos sete vezes para ver se consegue limpá-lo desta lepra fascista.
Parabenizo ao Sr. Eduardo Cunha, que entra para a história como o mais inescrupuloso parlamentar que este país já produziu (merece série na Netflix bem ao estilo de Escobar). Acho até graça quando me recordo de seu bordão: “Porque o nosso povo mereeeeece respeitÔ!” O que o nosso povo não merecia era ter alguém de sua laia presidindo aquela vergonha em que se tornou nosso parlamento.
Parabenizo a FIESP. Vocês são demais! Que demonstração de força foi essa? Como disse um amigo meu, o pato pagou o golpe, resta saber quem vai pagar o pato. Adivinha…
Parabenizo ao povo brasileiro, em especial, os que engrossaram o coro regido pelos que citei acima. Vocês deram um show de cidadania e patriotismo. Derrubaram no grito um governo legitimamente eleito por 54 milhões de votos. Que orgulho das cores de nossa bandeira! Finalmente, o PT perdeu a boquinha. A corrupção foi varrida (pra debaixo do tapete, é claro!). Só falta prender o Lula para garantir que ele não venha candidato em 2018. Por que, se vier…
Bem, a mesma Escritura que diz que devemos nos alegrar com os que se alegram, também diz que devemos chorar com os que choram. Então, peço licença para prestar minhas condolências a quem perdeu.
Minhas condolências à excelentíssima presidenta (primeira vez que a chamo assim!) Dilma Rousseff. A senhora bem que tentou. Mas como poderia governar sendo sabotada pelo congresso desde o primeiro dia de seu segundo mandato? A história saberá julgá-la. Se depender de muitos, não será um “tchau, querida”, mas apenas um “até mais, presidenta!” Infelizmente, depende de quem já está decidido a sepultar de vez sua trajetória política. Sinceramente, em seu lugar, eu deixava tudo isso de lado para me dedicar a criar meus netos. Mas como você não é de fugir da luta…
Minhas condolências a todos os artistas da TV, do Teatro, do Cinema, do Circo e até das ruas, pelo encerramento das atividades do Ministério da Cultura. Vamos voltar a nos contentar com os blockbusters enlatados americanos, com a doutrinação ideológica do Tio Sam.
Minhas condolências aos movimentos sociais que já não terão nem vez, nem voz neste governo postiço. Como se não bastasse a extinção do Ministério da Cultura, o novo governo extinguiu também os Ministérios das Mulheres, da Igualdade Racial e Direitos Humanos. Em menos de 5 horas o governo promoveu um retrocesso de 30 anos.
Minhas condolências às minorias, incluindo mulheres, negros, índios, LGBT’s, imigrantes, aos beneficiários dos programas sociais do governo, aos estudantes de universidades federais (entre eles, meus filhos), etc.
Minhas condolências a você que como eu não perdeu a esperança de um Brasil verdadeiramente democrático. Que insistiu até o último momento em acreditar nas instituições. Torçamos para que a Lava-jato deixe de ser apenas uma ducha na lataria desta Brasília velha e se torne verdadeiramente numa faxina profunda que inclua todas as suas engrenagens carcomidas pela corrupção. Que estes que agora riem e zombam do povo brasileiro, possam chorar amargamente ao serem pegos pelas malhas da justiça. Se é que existe justiça abaixo da linha do Equador… A esperança ainda pulsa.
Hermes
Hermes

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Vídeo retratando a Fome no Brasil no governo FHC. Série foi divulgada no...


"A globo produziu uma série de reportagens que retratou a Fome no Brasil durante o governo do tucano Fernando Henrique Cardoso. A série foi ao ar de 18 a 22 de junho de 2001, e mostra que o Brasil tinha índices de desenvolvimento humano pior do que muitos país africanos. O estranho agora, é que a globo proibiu o Facebook e o youtube de divulgar o vídeo, numa clara tentativa de censura, para tentar esconder dos mais jovens a realidade que o Brasil vivia quando era governado pelo PSDB."