Translate

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

NOVO SÍMBOLO DOS DIREITOS HUMANOS

   (© Reproducão) Os direitos humanos possuem agora um símbolo. Depois de quase um mês de votações, o público escolheu vencedora a proposta do sérvio Predrag Štakić: um pássaro prestes a levantar voo ou, dependendo da interpretação, um aceno de mão. A cerimônia de premiação foi realizada nesse sábado (23.09), paralelamente à reunião da Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova Iorque.

Segundo Štakić, designer gráfico freelancer, a inspiração para a criação da logomarca veio da própria Declaração Universal dos Direitos Humanos. „"Em seu preâmbulo ela diz que os direitos humanos são a base para a criação de um mundo livre, justo e pacífico. A partir disso, fiz uso de dois símbolos universais - uma mão e um pássaro - para criar algo novo”.

Segundo os organizadores, a expectativa é de que o símbolo seja rapidamente aceito pela comunidade internacional e por todas as pessoas do mundo. Todas as logomarcas que participaram do concurso, que teve a sua primeira convocação em maio, foram feitas por pessoas comuns para pessoas pessoas comuns e escolhidas por essas mesmas pessoas.

Para Guido Westerwelle, Ministro das Relações Exteriores da Alemanha, “o grande sucesso da iniciativa mostrou que os direitos humanos são um importante tópico em todos os países do mundo e que a lacuna que havia no que diz respeito a um símbolo universal para o tema foi finalmente preenchida”. Westerwelle também destacou  o alto nível de discussões sobre o tema, com internautas do mundo inteiro contribuindo com ideias e diferentes pontos de vista.

A iniciativa “Uma logomarca para os Direitos Humanos” recebeu 15.375 propostas para a nova logomarca, vindas de mais de 190 países e contou com um júri de renomadas celebridades, entre elas a Alta Comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Navanethem Pillay (África do Sul), os cinco detentores do Prêmio Nobel da Paz, Aung San Suu Kyi (Myanmar), Shirin Ebadi (Irã), Muhammad Yunus (Bangladesh) e Michail Gorbatschow (Rússia) e Jimmy Carter (Estados Unidos da América); Angelina Acheng Atyam (Defensora dos Direitos da Criança, Uganda), Waris Dirie (Top Model e Defensora dos Direitos da Mulher, Somalia), Roland Emmerich (Cineasta de Hollywood e Productor, Alemanha), Carolyn Gomes (Defensora dos Direitos Humanos, Jamaika), Juanes (Defensor dos Direitos Humanos e Activista para a Paz, Colômbia), Somaly Mam (Defensora dos Direitos Humanos, Kambodia), Paikiasothy Saravanamuttu (Defensor dos Direitos Humanos, Sri Lanka), Jimmy Wales (Fundador da Wikipedia, Estados Unidos da América) como também internacionalmente renomados perítos no âmbito de design tais como Ahmed Humeid (Jordânia), Javier Mariscal (Espanha) e Erik Spiekermann (Alemanha), além dos Ministro das Relações de Bósnia e Herzegóvina, Chile, Alemanha, Canadá, Maurícias, Senegal, Singapura, República Checa e Uruguay, que juntos criaram a plataforma para esta competição.


Fonte:  Notícias da Alemanha - n°39/2011

ACORDA BRASIL!


"Quem souber cantar que cante,
Quem souber tocar que toque,
Quem puder gritar que grite,
Quem tiver apito, apite -
Faça esse mundo acordar!"

Lupicínio Rodrigues




DISQUE ÁRVORE


ONG cria disque denúncia para maus tratos a árvores

Baixe o Adobe Flash Player















Medidas como essa se fazem cada vez mais necessárias para cuidar do meio ambiente. Principalmente na cidade de Campinas que há décadas tem sido abandonada pelos administradores de plantão e pela própria população que também não respeita as árvores e praças da cidade!

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

FEIRA DE ADOÇÃO DA AAAC


dia 02 de outubro - domingo   

Portão 2 da Lagoa do Taquaral     
Horário -  das 09  as 14  horas         

- Entrega dos prêmios do Concurso Cultural “Adoção é Doação”     
- Pet Recreação com a tia Soraia                                                                       

              
Para adotar um animal na feira é necessário: CIC, RG, maior de 21 anos, comprovante de residência, avaliação prévia e aprovação pela equipe de adoção, preenchimento do termo de responsabilidade e posse responsável e pagamento da taxa de adoção de R$ 50,00.

A taxa de adoção é uma contribuição para nos ajudar a cobrir parte das despesas que temos com alimentação, medicação e a castração dos animais adultos que irão na próxima feira.

Além disso, a taxa é um fator selecionador do adotante. A recusa no pagamento fica subentendido que o mesmo não terá condições de arcar com as despesas de um animal: vacinação anual (mínimo R$ 50,00), consultas veterinárias (em média R$ 70,00).
                   
Muitos animais esperam por adoção há meses.  A grande maioria são de cães adultos e sem raça definida (SRD) - o popular Vira-Lata.  Se você decidiu que chegou a hora de ter um animal, que há espaço no seu lar e em seu coração, não esqueça dos que foram abandonados e que aguardam ansiosos por carinho e respeito.

                                                www.aaac.org.br                                                           
                                                                                                                                                                      

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

SAIBA ONDE ABANDONAR O SEU CÃO



Ilse Simone Petersen Götzö

Saiba onde abandonar seu cão. Uma hora acontece: você não pode mais ficar com o seu cachorro. Cresceu demais, latiu demais, latiu de menos, faz sujeira. Você ficou grávida, você vai mudar pra um apartamento, vai sair de férias, vai mudar de cidade ou de país. Ou enjoou dele e quer um filhote novo.  Chega o momento e você se pergunta: onde posso abandonar o meu cão? 

Existe um ótimo local para isso. É grande, com um lindo gramado, lago e os animais ficam todos soltos e felizes. Tem veterinário disponível 24 horas, humanos brincando com eles, os cães nunca vão se sentir sozinhos. Você pode ficar tranquilo que o seu ex-melhor amigo será muito bem cuidado. Ele nem vai sentir a sua falta. Terá uma vida longa e feliz, e você poderá seguir a sua vida, sem peso na consciência, e sem preocupação. 

Legal, né? Um lugar com espaço infinito, dinheiro inacabável, humanos disponíveis e cães felizes. Quer saber onde é? Eu digo... NA SUA IMAGINAÇÃO!!! 

Não existe lugar para abandonar seu cão. Não existe um lugar seguro se não for ao seu lado. Visite um abrigo ou um CCZ e veja as condições em que chegam os animais que foram resgatados... e se você está pensando em deixar seu cão em um abrigo, lembre-se que, além de abandonar covardemente seu melhor amigo, você estará tirando as chances de um animal de rua ser resgatado. 

Se você não se importou o suficiente com seu cão pra ficar com ele mesmo nas dificuldades, como espera que alguém irá se importar? Não abandone jamais seu animal, pois ao contrario, ele jamais faria isso!!!  E lembre-se, quando você abandona um cão porque já não lhe serve mais, seus filhos aprendem a lição e talvez façam o mesmo quando você ficar velho.

Texto extraído do Jornal “Meio Ambiente & Animais” .

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

VOU PASSEAR COM MEUS 16 CACHORROS!

Clique no link abaixo e assista o  vídeo onde um cidadão passeia de bicicleta acompanhado de seus 16 cães! É fantástico. Se você gosta de animais, não deixe de assistir! Vale a pena conferir:





Foto Vera / Diana, minha Labradora preta

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

ARBORIZAÇÃO URBANA


Marcos Roberto Boni



No dia 22 de setembro é celebrado o Dia das Árvores. Lamentavelmente não temos nada a celebrar com relação à arborização de Campinas. Há três décadas, Campinas era referência em arborização urbana, contendo calçadas com bom acabamento e sempre com frondosas árvores plantadas adequadamente.


Atualmente, o estado das árvores de forma geral é lastimável. Muitas encontram-se totalmente mutiladas, outras sofreram podas predatórias, outras tiveram veneno injetado em seus troncos ou nas raízes, muitas tiveram a base do tronco concretado não permitindo a infiltração de água, enfim, as árvores em Campinas vêm sofrendo fortes agressões por parte da população, do Departamento de Parques e Jardins, e ainda por muitas empresas cadastradas para a realização de podas.


A lei municipal 11571/2003 regula a poda, o corte e o plantio de árvores em nossa cidade, porém desde sua vigência, junho de 2003, vem sendo reiteradamente violada. Inconformados, ambientalistas e membros do Conselho Municipal do Meio Ambiente (Comdema) travaram exaustiva batalha junto à Prefeitura de Campinas durante a gestão do dr. Hélio, e conseguiram a formação da Comissão Técnica Consultiva de Arborização de Campinas, que está prevista na citada lei, e que tem por objetivo auxiliar a Administração Pública a cumprir rigorosamente essa lei. 

Cabe agora ao novo prefeito de Campinas se inteirar dos problemas relativos à questão da arborização e dedicar atenção plena para determinar a aplicação em caráter de urgência das medidas que os experts estão voluntariamente apontando como imprescindíveis para minimizar os impactos causados pelo desequilíbrio ecológico causado pela falta da arborização adequada do território municipal.


Está provado cientificamente que as árvores interferem no ciclo das chuvas. Onde há vegetação, a estiagem dificilmente ocorre, os impactos das tempestades são minimizados pela proteção das copas, elas evitam os deslizamentos de terras, erosões, enchentes. Aumentam a umidade relativa do ar, o que protege a saúde das pessoas, principalmente bebês e idosos que sofrem muitos problemas respiratórios nas épocas de inverno com estiagem. Combatem a poluição sonora e atmosférica. As árvores crescem a base da fixação de carbono que é gerado pela poluição atmosférica. Além disso, a sombra das árvores protege as pessoas contra o câncer de pele. 

Novamente, problemas de saúde são combatidos pelo plantio de árvores, o que reduz os gastos públicos com atendimentos médicos. Não podemos esquecer que as árvores são as casas e as fontes de alimentos para muitos pássaros, inclusive aqueles que se alimentam de insetos nocivos ao homem. Estudos científicos comprovam que os locais arborizados acalmam, tranquilizam as pessoas, e diminuem os índices de criminalidade. 

No mercado imobiliário as áreas verdes são sempre mais valorizadas. Importante também frisar que as árvores são fontes de alimentos saudáveis, nutritivos. Enfim, as árvores são verdadeiros remédios para vários males da vida urbana.  Seu planejamento técnico permite que o plantio não gere no futuro danos ou inconvenientes aos proprietários dos imóveis vizinhos. Se houver definição da espécie a ser plantada por técnicos, não haverá problemas com a calçada, tubulações e encanamentos, etc. 

A importância do tema se dá porque em poucos meses teremos fortes tempestades de verão, e muitas árvores agredidas, mutiladas por podas irregulares, irão cair e causar danos materiais e, lamentavelmente, poderão causar a morte de pessoas. Não importa quem seja o prefeito de Campinas, mas a política municipal de arborização deve ser tratada como prioridade, pois a qualidade de vida da população, e a governabilidade do município num futuro próximo, dependem diretamente do manejo adequado da flora urbana. 


O aquecimento global, a impermeabilização do solo, a poluição atmosférica e a falta de arborização em Campinas irão causar em breve o mesmo caos vivido em São Paulo, toda tarde com fortes chuvas de verão. As árvores são seres vivos e são nossas protetoras, precisamos protegê-las também! O futuro da humanidade depende da preservação da Natureza.


Marcos Roberto Boni é advogado especialista em Gestão Ambiental, membro da Comissão de Meio Ambiente da OAB, do Comdema e da Comissão Técnica Consultiva de Arborização de Campinas



Fonte Correio Popular de Campinas

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

RELIGIÃO FAVORECE O PENSAMENTO INTUITIVO

RAFAEL GARCIA
DE WASHINGTON 


Muita gente rejeita o estereótipo que descreve ateus como pessoas racionais e analíticas e religiosos como intuitivos e espontâneos. Um experimento feito na Universidade Harvard, porém, sugere que esse clichê pode ter um fundo de verdade. No trabalho, cientistas avaliaram o estilo de raciocínio preferido por mais de 800 voluntários e viram que aqueles com tendência maior a usar a intuição eram mais propensos a crer em Deus e entidades sobrenaturais.
Análise: Cérebro humano tem viés religioso 'de fábrica'
Psicólogos de Harvard criam curso de graduação sobre religião

Para chegarem à conclusão, os pesquisadores submeteram os voluntários a um questionário sobre crença religiosa e a problemas de raciocínio que avaliavam o estilo de pensamento de cada pessoa. As perguntas eram, na verdade, "pegadinhas" que enganam especialmente as pessoas que contam com a intuição para lidar com números. 

O resultado do experimento saiu em um estudo publicado na revista científica "Journal of Experimental Psychology". O trabalho, coordenado pelo psicólogo Amitai Shenhav, indica que pessoas mais racionais tendem a crer menos em Deus. 


Arte
ÓBVIO?
Pode parecer uma conclusão óbvia, mas psicólogos ainda não tinham encontrado um jeito de testá-la. Os cientistas de Harvard afirmam ter conseguido comprová-la agora porque usaram uma metodologia que avalia o estilo de raciocínio das pessoas sem levar em conta a magnitude da inteligência de cada um. Em outras palavras, conseguiram evitar a armadilha que associa reflexão a pessoas mais inteligentes e intuição a pessoas mais burras. 

"Uma das coisas que eu aprecio sobre a discussão entre uso de raciocínio reflexivo ou intuitivo é que não existe uma resposta certa sobre qual dos dois deve ser usado em cada ocasião", disse Shenhav à Folha. "Ambos são importantes para todo mundo, mas nós somos diferentes uns dos outros." Segundo ele, muitos voluntários classificados como pessoas intuitivas tinham ido bem em dois testes de QI que haviam sido aplicados antes do experimento. 

"Em testes de inteligência-padrão, existem poucas questões com respostas intuitivas que vêm à mente imediatamente", explica o psicólogo. "É preciso trabalhar uma longa cadeia de raciocínio em cada um deles até que surja a resposta. O teste que usamos tem perguntas projetadas especialmente para oferecer uma resposta errada tentadora logo de cara." O mais inesperado, porém, talvez seja que é possível moldar o tipo de crença religiosa que os voluntários têm. 

Em outro teste, voluntários tinham de escrever uma redação sobre a importância da intuição. Logo após a tarefa, algumas pessoas titubeavam em perguntas sobre suas crenças religiosas, com tendência maior a relatar crença em entidades sobrenaturais. "Talvez a maneira como somos educados a pensar de maneira reflexiva ou intuitiva ao longo da vida tenha alguma influência sobre nossas crenças", afirma o psicólogo. "Não sei dizer se isso é uma coisa boa ou ruim." 

Fonte: UOL Notícias

REFLEXÕES DA GIGI

 
 
 ” Se um cão não vem até você depois de olhar-lhe na cara,
é melhor ir para casa e examinar sua consciência” 
(Woodrow Wilson)

LOUCOS E SANTOS


Escolho meus amigos não pela pele ou outro arquétipo qualquer, mas pela pupila.
Tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante.
A mim não interessam os bons de espírito nem os maus de hábitos.
Fico com aqueles que fazem de mim louco e santo.
Deles não quero resposta, quero meu avesso.
Que me tragam dúvidas e angústias e agüentem o que há de pior em mim.
Para isso, só sendo louco.
Quero os santos, para que não duvidem das diferenças e peçam perdão pelas injustiças.
Escolho meus amigos pela alma lavada e pela cara exposta.
Não quero só o ombro e o colo, quero também sua maior alegria.
Amigo que não ri junto, não sabe sofrer junto.
Meus amigos são todos assim: metade bobeira, metade seriedade.
Não quero risos previsíveis, nem choros piedosos.
Quero amigos sérios, daqueles que fazem da realidade sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que a fantasia não desapareça.
Não quero amigos adultos nem chatos.
Quero-os metade infância e outra metade velhice!
Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto; e velhos, para que nunca tenham pressa.
Tenho amigos para saber quem eu sou.
Pois os vendo loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos, nunca me esquecerei de que "normalidade" é uma ilusão imbecil e estéril.
Enviado pela Sonia Jaboti

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

PRECE DAS ÁRVORES


Ser humano
Protege-me!
Junto ao puro ar
Da manhã ao crepúsculo
Eu te ofereço:
Aroma, flores, frutos e sombra.
Se ainda assim não te bastar,
Curvo-me e te dou:
Proteção para o teu ouro,
Pinho para tua nota,
Teto para teu abrigo,
Lenha para teu calor,
Mesa para o teu pão,
Leito para o teu repouso,
Apoio para teus passos,
Bálsamo para tua dor,
Altar para tua oração.
E te acompanharei até a morte.
Rogo-te: Não me maltrates!

(Walter Rossi - Poeta e escritor paulista)
 

DIA DA ÁRVORE

"Aprenda a amar as arvores e aprenderá amar a si mesmo! 
Silvio Campos
Ao visitar a rua Gonçalo de Carvalho em Porto Alegre  é possível perceber rapidamente que lá o ar é mais puro, o calor é menor, um ambiente repleto de muito verde. Sensação semelhante a de quem acaba de entrar numa mata fechada em que a umidade e sombra fazem o ambiente muito mais agradável. Um túnel de árvores que foi preservado oficialmente em 2006 e é a primeira via urbana tombada como Patrimônio Ambiental na América Latina.
Túnel verde, rua mais bonita do mundo
O mais interessante da rua é que as árvores que lá existem não surgiram naturalmente. Mas, essas árvores foram plantadas por seus moradores, ao longo de muitas décadas. Dessa forma, não só o resultado estético ficou belo, mas há uma história de união e cooperação de seus moradores. Resultado e consequência de tudo isso. A rua Gonçalo de Carvalho vem sendo considerada a rua mais bonita do mundo e vem tido forte destaque na imprensa nacional e internacional. São exemplos como esse que mostram que não dependemos do poder público para fazer do lugar que moramos algo melhor. Ação que surge de nós é a mais importante. E você, já pensou em fazer de sua rua algo melhor?

LEI Nº 9.605, DE 12 DE FEVEREIRO DE 1998.

Art. 49. Destruir, danificar, lesar ou maltratar, por qualquer modo ou meio, plantas de ornamentação de logradouros públicos ou em propriedade privada alheia:

Pena - detenção, de três meses a um ano, ou multa, ou ambas as penas cumulativamente.

Parágrafo único. No crime culposo, a pena é de um a seis meses, ou multa.

DIA 21 DE SETEMBRO COMEMORA-SE O DIA DA ÁRVORE.

Do dia 21 ao dia 26 de Setembro comemora-se a semana da árvore.



Se as pessoas soubessem a importância da arvore, cuidariam melhor delas.

PORQUE PLANTAR UMA ÁRVORE?
As árvores podem promover diversos benefícios nas áreas urbanas, como: regularidade do clima; redução da poluição atmosférica; melhoria do ciclo hidrológico (melhor regularidade de chuvas); redução da velocidade dos ventos; melhoria das condições do solo urbano; aumento da diversidade e quantidade da fauna nas cidades, especialmente de pássaros, pois as árvores nas cidades são habitat para inúmeras espécies de aves; melhoria das condições acústicas e diminuindo da poluição sonora; opções de recreação e lazer nos parques, praças e jardins; valorização dos imóveis; embelezamento das cidades...
PREVINA SUA ÁRVORE DE ADOECER
Há diversas possíveis causas: as mudas podem sair do viveiro com algum problema; o solo pode ser muito fraco ou compactado; a área sem calçamento ao redor do tronco pode não ser suficiente para a entrada de água e nutrientes; as árvores podem adoecer, caso sejam feitas podas inadequadas. E as árvores no ambiente urbano podem apresentar sintomas de estresse, ficam debilitadas atraindo o ataque de fungos ou insetos.

DIGA NÃO À MUTILAÇÃO DE ÁRVORES
Árvores na zona urbana e poda é uma relação tão arraigada na mente das pessoas que, muitas vezes cometem-se grandes erros sob a ilusão de se estar realizando a prática mais acertada. A poda de árvores constitui-se em uma agressão a um organismo vivo - a árvore - que possui estrutura e funções bem definidas e alguns mecanismos e processos de defesa contra seus inimigos naturais. Contra a poda e suas consequências danosas não existe defesa, a não ser a tentativa de recompor a estrutura original, definida geneticamente.

PORTANTO VAMOS AMAR E CUIDAR BEM DAS ÁRVORES!
Assim estaremos contribuindo para uma melhor qualidade de vida para todos!

Enviado pela Tereza da Croquis/Resgate Cambuí

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

A FOTO DO DIA

http://noticias.uol.com.br/cotidiano/2011/09/19/ong-finca-594-vassouras-em-copacabana-e-pede-que-congresso-limpe-a-corrupcao-do-brasil.jhtm
A praia de Copacabana amanheceu nesta segunda-feira (19) com 594 vassouras fincadas nas areias em frente à avenida Princesa Isabel, no Rio de Janeiro, numa manifestação pacífica organizada pela ONG Rio de Paz contra a corrupção.

Leia mais clicando no link acima


Fonte: UOL Notícias

FEMINISTAS DENUNCIAM PUBLICIDADE SEXISTA EM DATA COMEMORATIVA

Exposição do corpo feminino de forma acentuada, mulheres mostradas apenas como frágeis, doces e românticas ou como simples objeto de desejo masculino. Esses são exemplos de situações sexistas observadas em alguns anúncios publicitários. O tema foi lembrado esta semana por organizações feministas por ocasião do Dia Internacional da Imagem da Mulher nos Meios de Comunicação – 14 de setembro.


Feministas denunciam publicidade sexista em data comemorativa  

As cervejarias são uma das mais denunciadas por publicidade sexista.

Em um documento publicado no sítio da Federação de Mulheres Progressistas, as feministas chamam a atenção para propagandas em que as mulheres aparecem como público exclusivo, mesmo que o produto seja para uso masculino e feminino. Outro caso de anúncio sexista é aquele em que a mulher é invisível, ou seja, a propaganda utiliza apenas o masculino para se referir aos dois gêneros.


Para elas, também são exemplos típicos de anúncios sexistas aqueles em que as mulheres são retratadas como dependentes e sustentadas por um homem; abordadas somente como mães, esposas e donas de casa; representadas como femininas, doces e carinhosas ou, no extremo oposto, como chatas, invejosas, mandonas e fofoqueiras, reforçando, dessa forma, estereótipos; valorizadas apenas pela beleza física; ou mostradas em profissões ou cargos inferiores aos dos homens.

Para evitar situações desse tipo, a Federação sugere que as agências de propaganda criem manuais de estilo com perspectiva de gênero e adote ações como não utilizar o masculino para englobar os dois gêneros, utilizar termos comuns para o masculino e o feminino, evitar a subordinação do gênero feminino e o uso exclusivo do masculino para se referir a determinados cargos, principalmente quando desempenhados por mulheres, e substituir a palavra escrita em um gênero pelo oposto para saber se a frase é ofensiva para algum dos dois.

O Dia Internacional da Imagem da Mulher nos Meios de Comunicação foi celebrado na quarta-feira (14) em várias partes do mundo. A data foi instituída durante do 5º Encontro Feminista Latino-Americano e do Caribe, realizado em 1990, em San Bernardo, Argentina. A escolha do dia foi para homenagear o programa Viva Maria, que entrou no ar pela Rádio Nacional de Brasília (Brasil) no dia 14 de setembro de 1981. Comandado pela radialista Mara Régia di Perna, o programa discutia questões feministas e abriu espaço para o movimento de mulheres.

Dentre as lutas feministas visibilizadas pelo programa estavam a criação da primeira delegacia de Atendimento da Mulher de Brasília e o incentivo à amamentação materna. Viva Maria permaneceu no ar até maio de 1990, quando a radialista Mara Régia foi demitida por Fernando Collor de Mello, então presidente do Brasil, que a considerava como uma "liderança negativa”.

domingo, 18 de setembro de 2011

MEU AMOR PELAS ÁRVORES...


Eu sempre amei as árvores, elas sempre fizeram parte de minha vida. Quando criança morei em uma casa no Cambuí com jardim e um grande quintal de terra batida, com um galinheiro onde meu pai criava patos e galinhas, e algumas árvores frondosas. 
Lembro-me do abacateiro, alto e esguio que, anualmente, costumava carregar-se de frutos grandes e saborosos. Como era muito alto, não tínhamos como subir nele. Os abacates eram retirados com uma comprida vara de bambú com uma lata na ponta. Mamãe amassava os abacates maduros com leite e açucar, punha uma pitadinha de licor de cacau, e tínhamos uma deliciosa sobremesa para o lanche. 
Havia outras árvores menores que ficavam floridas e esparramavam seu perfume ao luar, mas nessa época eu não tinha muita afinidade com elas, pois não dava para subir, seus galhos eram frágeis. Minha árvore predileta era um pinheiro antigo, cheio de galhos por onde subía até alcançar - em minha fértil imaginação infantil - o céu azul cristalino. 
Lá em cima, meu irmão, eu e os/as amiguinhos/as quedávamo-nos, cada um encarapitolado/a em um galho, admirando os arredores do quarteirão, os telhados e os quintais das casas vizinhas. Vez por outra aparecia um ninho de passarinhos em um dos galhos, que observávamos com olhos de cientistas para ver os ovinhos transformarem-se em famintos filhotinhos...  E inventávamos histórias onde eramos heróis e heroínas, aventureiros/as destemidos/as, cada um/uma com uma bravata mais mirabolante para contar.
Mudamo-nos dessa casa quando eu estava com cerca de 8 anos e fomos morar ao lado do Bosque dos Jequitibás. Aí sim, minhas aventuras nas árvores expandiram-se, pois havia muito  mais espaço e muito mais árvores para explorar. Eu gostava de me pendurar nos fortes cipós para balançar ao vento; havia árvores carregadas de uvaias amarelas e adocicadas para saborear, outras carregadas de roxas amoras que manchavam a roupa, as quais, muitas vezes, jogávamos fora para que nossas mães não vissem o estrago e ralhassem conosco; jaboticabeiras, coquinhos, frutas do conde, ameixas...
Nessa época minha heroína preferida era uma tal de Sheena, a rainha da selva! Pode? Pois imitando a tal Sheena, eu subia nas árvores sem medo de cair e me quebrar, escondendo-me dos vigias do bosque que proibiam esse tipo de brincadeiras. Bebíamos água da fonte, imitávamos os macacos, conversávamos com as araras, os pavões e as siriemas...
Época feliz onde não faltavam árvores nos quintais ou nas ruas para gáudio e felicidade das crianças que aproveitavam cada segundo da infância para aventurar-se, cheios de imaginação, pelo mundo afora das brincadeiras.  Acho que por isso ainda conservo esse amor especial pelas árvores!

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

MEDITAÇÃO DE VELHICE

Rubem Alves completa hoje 78 anos.
Segue uma crônica enviada pelo aniversariante.

 
MEDITAÇÃO DE VELHICE

E o Poeta então falou:

“Brumas e espumas.
Tudo são brumas e espumas...
Para tudo há um tempo determinado.
Há o tempo de nascer e o tempo de morrer.
O tempo de plantar e o tempo de arrancar o que se plantou.
O tempo de construir e o tempo de demolir.
O tempo de chorar e o tempo de rir.
O tempo de amar e o tempo de enfadar-se com o amor.
O tempo de guerra e o tempo de paz.
Para todas as coisas há um tempo certo.
Mas Deus colocou o coração do homem para além do tempo, na eternidade.
Nada há de melhor para o homem do que alegrar-se e levar uma vida prazerosa. E isso é presente de Deus, que o homem possa comer, beber e desfrutar do seu trabalho.
O que é, já foi. E o que vai ser também já foi. Mas Deus fará voltar o que já passou.
Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias e cheguem os anos em que dirás: Não tenho neles prazer.
Antes que se escureçam o sol, a lua e as estrelas, luzes da tua vida, e tornem a vir as nuvens depois do aguaceiro;
No dia em que os teus braços, guarda da tua casa, tremerem,
E as tuas pernas outrora fortes se curvarem,
E os moedores da tua boca cessarem de moer, por já serem poucos,
E os teus olhos, janelas da tua casa se cerrarem,
E os teus lábios se fecharem: o dia em que não puderes falar em voz alta,
E te levantares ao canto das aves, e não mais ouvires o som da música.
Quando tiveres medo do que é alto,
E te espantares no caminho,
E o teu cabelo ficar branco,
E um simples gafanhoto for muito peso para tuas forças,
E não tiveres mais fome.
Porque vais para a casa eterna
E os pranteadores já estão andando pela praça.
Antes que se rompa o fio de prata,
E se despedace o copo de ouro,
E se quebre o cântaro junto à fonte,
E o pó volte à terra
E o sopro da vida volte a Deus, que o soprou.
Vai, pois, come com alegria o teu pão e bebe gostosamente o teu vinho. Em todo tempo sejam brancas as tuas roupas e jamais falte óleo na tua cabeça. Goza a vida com quem tu que amas todos os dias da tua vida que logo passa, como passam as brumas e as espumas...”

Ditas essas palavras o Poeta parou, pôs-se a olhar as montanhas que se viam ao longe – tantas vezes ele trilhara os seus caminhos - feliz e cansado com sua longa vida, sorriu, tomou a taça de vinho vermelho e disse: “Bebamos juntos! Como a vida é boa! Eu gostaria de viver 1.000 anos”...
Ditas essas palavras ele fechou os olhos, começou a cantarolar baixinho uma cantiga que sua mãe lhe cantava para dormir. Sua mão se abriu, a taça de cristal caiu e se quebrou numa infinidade de cacos..
* * *
Enterraram o Poeta no alto de uma colina de onde se viam as montanhas no horizonte distante. Ao lado de sua sepultura plantaram uma árvore. Dizem que ainda não parou de crescer. Amarraram balanços nos seus galhos fortes e as crianças e os adultos se divertem brincando de tocar as nuvens com a ponta dos pés. Escreveram-lhe como epitáfio as palavras do poeta Robert Frost: “Ele teve um caso de amor com a vida.”

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

DESCONHECIDO NO BRASIL, CONHECIDO NO MUNDO


Lider indígena leva tecnologia para sua aldeia para defender o meio ambiente e agora está ameaçado de morte por madereiros e outros ilegais que só pensam em lucro! Vejam sua história no link abaixo:

http://noticias.uol.com.br/cotidiano/2011/09/15/lider-que-levou-o-google-a-aldeias-indigenas-denuncia-sofrer-ameacas-de-morte.jhtm

40 ANOS DO GREENPEACE


Se você não conseguir visualizar esta mensagem, acesse este link

http://www.greenpeace-comunicacao.org.br/email/cyberativismo/ciber_14-09-2011.html

Filie-se

Pare Angra 3
Olá, ciberativista
Amanhã, o Greenpeace comemora 40 anos de vida. Foi no dia 15 de setembro de 1971 que um pequeno grupo de pessoas zarpou de Vancouver, no Canadá, numa traineira caindo aos pedaços e com uma ideia maluca na cabeça: impedir que os militares americanos detonassem uma bomba nuclear para testes na ilha de Amtchika, arquipélago das Aleutas, no Alaska.
O barco afundou antes de chegar ao seu destino. E o grupo atrapalhou, mas não impediu o teste. O aparente fracasso, no entanto, lançou a semente do que veio a ser a principal organização de defesa do meio ambiente do mundo. O segredo desse sucesso foi o elo que essa viagem de nascimento do Greenpeace estabeleceu entre seus ativistas e milhares de pessoas dispostas a apoiar suas iniciativas em favor da natureza.
É graças a esse elo que o Greenpeace nasceu e cresceu. E é por causa dele que a organização continua mais viva do que nunca. Hoje, o Greenpeace opera com escritórios em 40 países, e suas ações têm o apoio de 11,6 milhões de ciberativistas e quase 3 milhões de doadores espalhados pelo mundo. Por tudo isso, nesse aniversário, você também merece os parabéns.
Afinal de contas, sem sua participação, teria sido impossível completar os primeiros 40 anos dessa jornada. É com ela também que conseguiremos seguir em frente pelas próximas quatro décadas. E se você quiser dar um presente para o Greenpeace nessa data, é muito simples. Clique e assine a petição para manter a exploração petrolífera longe de uma das maiores jóias de biodiversidade do litoral brasileiro, os recifes de corais dos Abrolhos, na Bahia.
Veja o vídeo de 40 anos do Greenpeace, hoje exclusivo para ciberativistas.
Marcelo Furtado

Abraços,
Marcelo Furtado
Diretor Executivo
Greenpeace Brasil

Greenpeace online:

Ajude o Greenpeace a proteger as florestas
Junte-se a nós
Recebeu este e-mail de alguém?

» Torne-se um ciberativista também
» Encaminhe esse e-mail para um(a) amigo(a)


Para garantir que nossos comunicados cheguem em sua caixa de entrada,
adicione o e-mail ciberativismo@greenpeace.org.br ao seu catálogo de endereços.

A Greenpeace respeita a sua privacidade e é contra o spam na rede.
Se você não deseja mais receber nossos e-mails, cancele sua inscrição aqui

terça-feira, 13 de setembro de 2011

COMO IDENTIFICAR E TRATAR MAL DE ALZHEIMER



Fonte: UOL Notícias

A MULHER IMPERFEITA!


Martha Medeiros - Jornalista e escritora

'Eu não sirvo de exemplo para nada, mas, se você quer saber se isso é possível, me ofereço como piloto de testes. Sou a Miss Imperfeita, muito prazer. A imperfeita que faz tudo o que precisa fazer, como boa profissional, mãe, filha e mulher que também sou: trabalho todos os dias, ganho minha grana, vou ao supermercado, decido o cardápio das refeições, cuido dos filhos, telefono sempre para minha mãe, procuro minhas amigas, namoro, viajo, vou ao cinema, pago minhas contas, respondo a toneladas de e mails, faço revisões no dentista, mamografia, caminho meia hora diariamente, compro flores para casa, providencio os consertos domésticos e ainda faço as unhas e depilação!

E, entre uma coisa e outra, leio livros. Portanto, sou ocupada, mas não uma workholic. Por mais disciplinada e responsável que eu seja, aprendi duas coisinhas que operam milagres. Primeiro: a dizer NÃO.  Segundo: a não sentir um pingo de culpa por dizer NÃO.  Existe a Coca Zero, o Fome Zero, o Recruta Zero. Pois inclua na sua lista a Culpa Zero.

Quando você nasceu, nenhum profeta adentrou a sala da maternidade e lhe apontou o dedo dizendo que a partir daquele momento você seria modelo para os outros...
Seu pai e sua mãe, acredite, não tiveram essa expectativa: tudo o que desejaram é que você não chorasse muito durante as madrugadas e mamasse direitinho.  Você não é Nossa Senhora.  Você é, humildemente, uma mulher.

E, se não aprender a delegar, a priorizar e a se divertir, bye-bye vida interessante. Porque vida interessante não é ter a agenda lotada, não é ser sempre politicamente correta, não é topar qualquer projeto por dinheiro, não é atender a todos e criar para si a falsa impressão de ser indispensável. É ter tempo.

Tempo para fazer nada.
Tempo para fazer tudo.
Tempo para dançar sozinha na sala.
Tempo para bisbilhotar uma loja de discos.
Tempo para sumir dois dias com seu amor.
Três dias..
Cinco dias!
Tempo para uma massagem..
Tempo para ver a novela.
Tempo para receber aquela sua amiga que é consultora de produtos de beleza.
Tempo para fazer um trabalho voluntário.
Tempo para procurar um abajur novo para seu quarto.
Tempo para conhecer outras pessoas.
Voltar a estudar.
Tempo para escrever um livro que você nem sabe se um dia será editado.
Tempo, principalmente, para descobrir que você pode ser perfeitamente organizada e profissional sem deixar de existir.

Porque nossa existência não é contabilizada por um relógio de ponto ou pela quantidade de memorandos virtuais que atolam nossa caixa postal. Existir, a que será que se destina?  Destina-se a ter o tempo a favor, e não contra. A mulher moderna anda muito antiga. Acredita que, se não for super, se não for mega, se não for uma executiva ISO 9000, não será bem avaliada. Está tentando provar não-sei-o-quê para não-sei-quem.  Precisa respeitar o mosaico de si mesma, privilegiar cada pedacinho de si.

Se o trabalho é um pedação de sua vida, ótimo! Nada é mais elegante, charmoso e inteligente do que ser independente. Mulher que se sustenta fica muito mais sexy e muito mais livre para ir e vir. Desde que lembre de separar alguns bons momentos da semana para usufruir essa independência, senão é escravidão, a mesma que nos mantinha trancafiadas em casa, espiando a vida pela janela.

Desacelerar tem um custo. Talvez seja preciso esquecer a bolsa Prada, o hotel decorado pelo Philippe Starck e o batom da M.A.C. Mas, se você precisa vender a alma ao diabo para ter tudo isso, francamente, está precisando rever seus valores.  E descobrir que uma bolsa de palha, uma pousadinha rústica à beira-mar e o rosto lavado (ok, esqueça o rosto lavado) podem ser prazeres cinco estrelas e nos dar uma nova perspectiva sobre o que é, afinal, uma vida interessante.

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

BAZAR BENEFICENTE DA AAAC


Começa neste sábado dia 10 à partir das 10 horas, muita coisa boa, venha fazer uma visita e conhecer!
No período de 10 a 17 de setembro a AAAC promove mais um bazar em prol da manutenção dos abrigos, compareça e divulgue para os amigos, nossos peludos agradecem!
              

MILITARES DESFILAM SEU LADO FASHION NO DIA DA PÁTRIA

O FRASCO DE MAIONESE E CAFÉ










Um professor, durante a sua aula de filosofia, sem dizer uma palavra, pegou um frasco grande de maionese e esvaziou ... depois encheu com bolas de golf.
A seguir pergunta aos alunos se o frasco estava cheio. Os estudantes responderam sim.
Então o professor pega uma caixa cheia de pedrinhas e mete-as no frasco de maionese. As pedrinhas ocuparam os espaços vazios entre as bolas de golf. O professor voltou a perguntar aos alunos se o frasco estava cheio, e eles voltaram a dizer que sim.
Então o professor pegou outra caixa ... cheia de areia e colocou a areia dentro do frasco de maionese. Claro que a areia preencheu todos os espaços vazios, e uma vez mais o pofessor voltou a perguntar se o frasco estava cheio. Nesta ocasião os estudantes responderam unânimes  "Sim!".
Em seguida o professor acrescentou 2 xícaras de café ao frasco e, claro, o café preencheu todos os espaços vazios entre a areia, as pedrinhas e as bolas de golf. Os estudantes então começaram a rir... mas repararam que o professor estava sério e disse-lhes:
'QUERO QUE SE DÊEM CONTA QUE ESTE FRASCO REPRESENTA A VIDA'.
As bolas de golf são as coisas Importantes: a FAMÍLIA, a SAÚDE, os AMIGOS, tudo o que você AMA DE VERDADE. São coisas, que, mesmo que perdessemos todo o resto, nossas vidas continuariam cheias.
As pedrinhas são as outras coisas que importam como: o trabalho, a casa, o carro, etc. A areia é tudo o demais, as pequenas coisas.
'Se puséssemos  1º a areia no frasco, não haveria espaço para as pedrinhas nem para as bolas de golf. O mesmo acontece com a vida'.  Se gastássemos todo o nosso tempo e energia nas coisas pequenas, nunca teríamos lugar para as coisas realmente importantes. 
Preste atenção às coisas que são cruciais para a sua Felicidade. Brinque ensinando  os seus filhos. Cuide bem de sua família (não esqueça de incluir seus pais). Arranje tempo para ir ao medico. Namore e vá com a seu namorado(a) /marido / esposa jantar fora. 
Dedique algumas horas para uma boa conversa e diversão com seus amigos. Pratique o seu esporte ou hobbie favorito. Ocupe-se sempre das bolas de golf em primeiro lugar. Haverá sempre tempo para trabalhar, limpar a casa, arrumar o carro... Estabeleça suas prioridades, o resto é só areia.
 Porém, um dos estudantes levantou a mão e perguntou o que representaria, então, o café. O professor sorriu e disse:
"...o café é só para vos demonstrar que não importa o quanto nossa vida esteja ocupada, sempre haverá espaço para um café com um amigo. "